Eis a questão

Desvantagem de Lula ser ministro neste momento é sinalizar confissão de culpa

Esta é a análise da LCA Consultores, que acredita que o ex-presidente não deve aceitar o cargo e continuará com o discurso de que o juiz Sérgio Moro o persegue

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Conforme informaram os jornais nestas terça e quarta-feira, a condução coercitiva do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva à Polícia Federal, na última sexta-feira (4), aumentou a pressão dentro do PT  para que Lula seja nomeado ministro de Dilma Rousseff (apesar dele ter rechaçado a ideia). 

A principal vantagem dessa decisão é que Lula como ministro terá foro privilegiado e assim, qualquer pedido de prisão terá de ser autorizado pelo STF, ressalta a LCA Consultores. Porém, afirmam os consultores, a desvantagem de ser ministro neste momento é sinalizar a confissão de culpa. 

“A julgar pelas manifestações do ex-presidente após o seu depoimento na PF, a tendência será de não aceitar um ministério e continuar com o discurso de que o juiz Sérgio Moro o persegue”, afirma a LCA. 

PUBLICIDADE

InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa