Segundo Estadão

“Depois da gravação de Jucá, minha conversa é uma Disney”, diz Delcídio

Conforme noticia o jornal O Estado de S. Paulo, ex-senador e líder do governo diz que foi punido "por muito menos" e pede que seja feito pedido de cassação de Romero Jucá

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O áudio de uma conversa entre o senador e ministro do Planejamento afastado Romero Jucá e o ex-presidente da Transpetro Sérgio Machado representa “uma obstrução de justiça institucionalizada, à nível presidencial e no Legislativo”. É o que avalia o senador cassado e ex-líder do governo na casa, Delcídio do Amaral. Conforme noticia o jornal O Estado de S. Paulo nesta terça-feira, o ex-parlamentar diz que deveria ser feito um pedido de cassação do peemedebista.

“Depois da gravação do Mercadante, Lula e Dilma e essa agora do Jucá, com todo respeito, a minha conversa é uma Disney, uma grande brincadeira”, disse Delcídio em referência aos grampos que culminaram em sua prisão temporária no ano passado. “Ele fala de tudo, e por muito menos eu fui pro saco”.

Para o ex-senador, a revelação da conversa de Jucá é grave, mas não será suficiente para reverter o processo de impeachment de Dilma Rousseff no Senado, “por questões absolutamente práticas”, como a ausência de condições gerenciais e falta de governabilidade da petista.

Aprenda a investir na bolsa