Demora no atendimento é uma das principais queixas contra planos de saúde

O item foi alvo de 20% das reclamações dos pacientes e, na avaliação deles, resulta da desorganização

SÃO PAULO – Segundo levantamento realizado pelo Ibope, a pedido da Secretaria de Estado de Saúde de SP, a demora no atendimento na recepção dos hospitais é a principal queixa de usuários de serviços de saúde privada no estado de São Paulo.

O item foi alvo de 20% das reclamações dos pacientes e, na avaliação destes, é fruto muitas vezes da desorganização na triagem ou mesmo da longa demora para a entrega de exames.

Além disso, os pacientes ainda se queixaram da morosidade dos médicos (14%), de outros funcionários (11%) e dos enfermeiros (10%).

Mais reclamações

PUBLICIDADE

Ainda segundo o levantamento, 12% dos entrevistados reclamam da postura dos médicos durante as consultas e 7% apontam a falta de preparo dos funcionários, entre eles, médicos, recepcionistas e enfermeiros, no atendimento aos usuários.

No geral, o estudo, realizado ao longo do mês de janeiro, registrou insatisfação de 19% dos usuários que utilizam os serviços privados de saúde no estado de São Paulo, sendo que a nota média atribuída ao atendimento recebido nos planos foi de 8,5, 6 pontos percentuais a mais do que a nota recebida pelo serviço público de saúde do estado.