RADAR INFOMONEY AO VIVO Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações de bancos

Por que o Santander surpreendeu o mercado? Veja as perspectivas para as ações de bancos

Lava Jato

Delações sobre Aécio estão sendo feitas com “gosto” por empreiteiros, diz colunista

Segundo um integrante da equipe que acompanha as delações, tanto executivos da Odebrecht quanto Léo Pinheiro, da OAS, avaliam que o tucano "colocou fogo" na Lava Jato porque imaginava que ela atingiria somente o PT

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O senador Aécio Neves (PSDB-MG) é um dos alvos das delações premiadas de empreiteiras, que estão sendo feitas “com prazer” pela OAS e Odebrecht quando é para citar o tucano, de acordo com a colunista Mônica Bergamo, da Folha de S. Paulo.

Segundo um integrante da equipe que acompanha as delações, tanto executivos da Odebrecht quanto Léo Pinheiro, da OAS, avaliam que o tucano “colocou fogo” na Lava Jato porque imaginava que ela atingiria somente o PT e pouco teria se importado com as empreiteiras. Marcelo Odebrecht enviou recados para Aécio e se dizia amigo do tucano, mas as mensagens foram desprezadas por ele. 

Já o senador licenciado e atual ministro de Relações Exteriores José Serra (PSDB-SP), na visão deles, não levantou a Lava Jato como bandeira. Por isso, citações a ele têm sido feitas com mais constrangimento. Serra mantém um grande amigo na Odebrecht, o ex-presidente Pedro Novis. 

Aprenda a investir na bolsa