Imprensa internacional

Declínio político da família Sarney abre caminho para mudanças no Brasil, diz NYT

"O último dos grandes coronéis do Brasil finalmente está em declínio", destacou ao jornal Rodrigo Lago, um advogado e ativista por transparência

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O jornal americano The New York Times destacou, em matéria da última semana, o fim do ciclo político da família Sarney no estado do Maranhão. O encerramento deste ciclo ocorreu com a eleição para o governo do estado de Flávio Dino (Pc do B) e abre caminho para mudanças políticas no País, afirma o jornal. 

“O último dos grandes coronéis do Brasil finalmente está em declínio”, destacou Rodrigo Lago, um advogado e ativista por transparência. “Se o Maranhão pode mudar, então os oligarcas de toda parte podem ser coibidos neste país”.

O NYT traça o perfil de Sarney como o de um político oligárquico, que se beneficia de luxuosas homenagens, financiadas pelo governo de um dos Estados mais pobres do país.

PUBLICIDADE

A reportagem cita o domínio da família Sarney no estado. “Precisa de um lugar para morar? Considere o bairro de Vila Sarney, eles brincam. Um hospital? Há a Maternidade Marly Sarney. Quer ler um livro? Experimente a Biblioteca José Sarney. Precisa ir ao centro velho? Pegue a Ponte José Sarney. E se tiver um problema, você pode entrar com uma ação na Justiça –no Fórum Desembargador Sarney Costa”, afirma o jornal. 

Porém, o cenário é outro no momento. O NYT destacou que a população maranhense apresenta ressentimentos com a familia Sarney. 

Por outro lado, algumas pessoas no Maranhão duvidam que a família apenas se recostará e ficará assistindo a seus oponentes assumirem o poder.  O jornal destaca que José Sarney permanece desafiador mesmo ao final de sua longa carreira política.