Decisão da Anatel abre brechas e perdas da Net podem ser menores

Analistas mantém recomendação favorável para papéis da empresa, que no entanto perde a preferência setorial

SÃO PAULO – Embora a Itaú Corretora tenha mantido sua recomendação de outperform – acima da média – para a Net, bem como sua visão cautelosa sobre os efeitos da proibição de cobrança por ponto adicional, os analistas alteraram sua preferência do setor para a GVT (GVTT3).

De acordo com a equipe de analistas, a decisão da Anatel sobre cobrança do ponto extra deixou brechas a serem exploradas de forma criativa pelas companhias. Deste modo, é possível que os efeitos financeiros negativos provocados pela medida sejam compensados em parte.

Esperando por extensa disputa entre companhias e órgãos reguladores, até por via judicial, os analistas entendem que ” a perda potencial para a Net em relação a esta questão é mais psicológica”.

Sugestão

PUBLICIDADE

Ressaltando já considerar em suas projeções o conservadorismo com a questão dos pontos adicionais, os analistas alteraram sua preferência no segmento, que agora repousa sobre a GVT.

A visão positiva sobre a NET, no entanto, foi mantida, com preço justo fixado em R$ 20,4 para os papéis preferenciais da empresa, upside de 24% frente ao fechamento anterior.