Novos ministros

De Meirelles a volta de Palocci: quem deve integrar o governo com a chegada de Lula

Como diversos veículos afirmaram, Lula teria feito uma série de exigências para aceitar o cargo, inluindo alguns nomes para ministérios e cargos específicos

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A chegada do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para a Casa Civil não deve ser a única mudança que irá ocorrer no governo Dilma Rousseff. Como diversos veículos afirmaram, Lula teria feito uma série de exigências para aceitar o cargo, incluindo alguns nomes para ministérios e cargos específicos.

Segundo a coluna Radar On-line, da Veja, o ex-presidente já convidou Henrique Meirelles para reassumir o Banco Central. A publicação ainda afirma que as mudanças devem levar Eugenio Aragão para o Ministério da Justiça, sendo que Nelson Jobim, ex-ministro do STF, também foi sondado para assumir a pasta.

A revista ainda destaca que aliados de Lula no PMDB e no PT dizem que ele gostaria também de ter Antonio Palocci de volta à Fazenda, mas este seria um movimento ousado demais, já que ele, assim como o ex-presidente, é investigado pela Lava Jato.

Aprenda a investir na bolsa

Segundo a Folha de S. Paulo, entre os nomes que Lula gostaria de levar para o governo está o de Celso Amorim para Relações Exteriores e que não está descartada a substituição do ministro da Educação, Aloizio Mercadante. Outros nomes, como o de Ciro Gomes, são ventilados por petistas. Já de acordo com o jornal O Globo, o ministro da Comunicação Social Edinho Silva também poderá trocar de ministério.

Vale destacar que também já foi dito que com a chegada de Lula na Casa Civil, Jaques Wagner passará a ser chefe de gabinete de Dilma. Além disso, o petista também assume o comando do Conselho de Desenvolvimento Econômico e Social, chamado de Conselhão.