Pesquisa eleitoral

Datafolha: Bolsonaro vai para 40% dos votos válidos e Haddad mantém 25%; Ciro tem 15%

O Datafolha ouviu 17.056 eleitores entre sexta-feira e sábado

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A última pesquisa Datafolha antes do primeiro turno das eleições presidenciais mostrou que Jair Bolsonaro (PSL) lidera a pesquisa eleitoral com 40% dos votos válidos (ou seja, excluindo brancos, nulos e indecisos), oscilando um ponto percentual para cima, enquanto Fernando Haddad (PT) se manteve em 25%. Ciro Gomes (PDT) tem 15% das intenções de voto e Geraldo Alckmin (PSDB) aparece com 8%.

Para vencer no primeiro turno, é necessário somar 50% dos votos válidos mais um. Ou seja, de acordo com o levantamento, Bolsonaro e Haddad iriam para o segundo turno. 

O Datafolha ouviu 19.522 eleitores entre sexta-feira e sábado em 382 municípios. A margem de erro do levantamento, contratado pela Folha e pela TV Globo, é de dois pontos percentuais para mais ou menos.

Aprenda a investir na bolsa

Confira os dados para o primeiro turno, considerando os votos válidos:

Jair Bolsonaro (PSL): 40%
Fernando Haddad (PT): 25%
Ciro Gomes (PDT): 15%
Geraldo Alckmin (PSDB): 8%
Marina Silva (REDE): 3%
João Amoêdo (NOVO): 3%
Alvaro Dias (PODE): 2%
Henrique Meirelles (MDB): 2%
Cabo Daciolo (PATRI): 1%
Guilherme Boulos (PSOL): 1%
Vera Lúcia (PSTU): 0%
João Goulart Filho (PPL): 0%
Eymael (DC): 0%

2º turno

O levantamento também fez quatro simulações do segundo turno. Bolsonaro aparece tecnicamente empatado com Ciro, Haddad e Alckmin. Em uma simulação entre Alckmin e Haddad, eles também aparecem empatados. 

Bolsonaro 45% x 43% Haddad (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)
Ciro 47% x 43% Bolsonaro (branco/nulo: 8%; não sabe: 2%)
Bolsonaro 43% x 41% Alckmin (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
Alckmin 41% x 38% Haddad (branco/nulo: 18%; não sabe: 2%)

Rejeição

Os líderes nas pesquisas também são os candidatos que mais são rejeitados pelos eleitores, com maior percentual daqueles que não votariam de jeito nenhum nos candidatos. Bolsonaro tem 44% de rejeição, sendo seguido por Haddad, com 41%. Marina tem 31% de rejeição, enquanto Alckmin tem 24% e Ciro Gomes aparece com 21%. Meirelles, Boulos, Cabo Daciolo e Alvaro Dias têm 15% de rejeição, seguidos por Eymael com 14%, Vera Lúcia com 13%, Amoêdo e Goulart Filho com 12%. 

A hora de investir em ações é agora: abra uma conta na Clear com taxa ZERO de corretagem