Pesquisa

Datafolha: Bolsonaro sobe para 32% e abre vantagem de 11 pontos sobre Haddad

Na terceira colocação, Ciro Gomes oscilou para baixo e está tecnicamente empatado com Geraldo Alckmin

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pesquisa Datafolha publicada nesta terça-feira (2) confirmou o cenário visto pelo Ibope na véspera, com Jair Bolsonaro (PSL) subindo de 28% para 32%, enquanto Fernando Haddad (PT) oscilou para baixo, passando de 22% para 21%.

No terceiro lugar, e cada vez mais distantes, aparecem empatados tecnicamente Ciro Gomes (PDT), que manteve o patamar de 11% das intenções, e Geraldo Alckmin (PSDB) que voltou a oscilar para baixo, saindo de 10% para 9%.

No pelotão de baixo, Marina Silva (Rede) segue perdendo força, agora com 4%, ante 5% do levantamento da semana passada. Atrás dela, João Amoêdo (Novo) manteve os 3%, seguido de Henrique Meirelles (MDB) e Alvaro Dias (Podemos), ambos com 2%, mesmo patamar de Cabo Daciolo (Patriota), que passou de 1% para 2%. Os outros não pontuaram.

Aprenda a investir na bolsa

O Datafolha entrevistou 3.240 eleitores de 225 municípios nesta terça. A margem de erro do levantamento é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. A pesquisa foi contratada pela Folha de S. Paulo.

Confira os números:

Jair Bolsonaro (PSL): de 28% para 32%
Fernando Haddad (PT): de 22% para 21%
Ciro Gomes (PDT): manteve 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): de 10% para 9%
Marina Silva (Rede): de 5% para 4%
João Amoêdo (Novo): manteve 3%
Henrique Meirelles (MDB): manteve 2%
Alvaro Dias (Podemos): manteve 2%
Cabo Daciolo (Patriota): de 1% para 2%
Vera Lúcia (PSTU): de 1% para 0%
Guilherme Boulos (PSOL): de 1% para 0%
João Goulart Filho (PPL): manteve 0%
Eymael (DC): manteve 0%
Branco/nulos: de 10% para 8%
Não sabe/não respondeu: manteve 5%

Rejeição
A situação na rejeição também foi favorável para o candidato do PSL, que conseguiu manter o nível de 45%, enquanto Haddad piorou o índice de pessoas que não votariam nele, chegando a 41%.

Confira:

Bolsonaro: de 46% para 45%
Haddad: de 32% para 41%
Marina: de 28% para 30%
Alckmin: manteve 24%
Ciro: de 21% para 22%
Meirelles: de 16% para 15%
Boulos: de 17% para 15%
Cabo Daciolo: de 17% para 14%
Alvaro Dias: de 15% para 13%
Vera: de 18% para 13%
Eymael: de 17% para 12%
Amoêdo: de 14% para 12%
João Goulart Filho: de 14% para 11%
Rejeita todos/ não votaria em nenhum: de 4% para 3%
Votaria em qualquer um/ não rejeita nenhum: de 2% para 1%
Não sabe: manteve 4%

PUBLICIDADE

Segundo turno
Nos cenários analisados para segundo turno, Bolsonaro está empatado nas três situações em que aparece, sendo numericamente abaixo de Alckmin e Ciro, e à frente de Haddad. Nas outras situações, Ciro vence de Alckmin e de Haddad, enquanto o tucano vence o petista em um eventual segundo turno. Confira abaixo:

Ciro 42% x 37% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
Alckmin 43% x 41% Bolsonaro (branco/nulo: 14%; não sabe: 2%)
Ciro 46% x 42% Bolsonaro (branco/nulo: 10%; não sabe: 2%)
Alckmin 43% x 36% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 2%)
Bolsonaro 44% x 42% Haddad (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)
Ciro 46% x 32% Haddad (branco/nulo: 20%; não sabe: 2%)

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!