Pesquisa

Datafolha: Bolsonaro lidera com 28%, mas vê rejeição subir para 46%; Haddad sobe para 22% dos votos

Atrás dos dois líderes, Ciro Gomes oscilou para baixo e está empatado tecnicamente com Geraldo Alckmin, que chegou a 10%

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Pesquisa Datafolha divulgada nesta sexta-feira (28) mostra que o líder, Jair Bolsonaro (PSL) parou de crescer, mantendo os mesmos 28% das intenções registradas na semana passada. Enquanto isso, Fernando Haddad (PT) saltou 6 pontos e passou de 16% para 22%.

Na sequência, a disputa segue acirrada entre Ciro Gomes (PDT) e Geraldo Alckmin (PSDB), que seguem empatados. Porém, o pedetista oscilou para baixo, passando de 13% para 11% em uma semana, enquanto o tucano saiu de 9% e chegou aos 10%.

No bloco de trás, Marina Silva (Rede) segue perdendo tração, oscilando no limite da margem de 7% para 5%, agora empatada com João Amoêdo (Novo), que manteve 3% das intenções. Ainda no mesmo grupo empatado tecnicamente estão Alvaro Dias (Podemos), Henrique Meirelles (MDB) e Cabo Daciolo (Patriotas), todos com 2%.

Aprenda a investir na bolsa

Confira os números de cada candidato:

Jair Bolsonaro (PSL): manteve os 28%
Fernando Haddad (PT): de 16% para 22%
Ciro Gomes (PDT): de 13% para 11%
Geraldo Alckmin (PSDB): 9% para 10%
Marina Silva (Rede): de 7% para 5%
Álvaro Dias (Podemos): de 3% para 2%
João Amoêdo (Novo): manteve 3%
Henrique Meirelles (MDB): manteve 2%
Cabo Daciolo (Patriotas): manteve 1% 
Vera Lúcia (PSTU): manteve 1%
Guilherme Boulos (PSOL): manteve 1%
João Goulart Filho (PPL): manteve 0%
Eymael (DC): manteve 0%
Branco/nulos: de 12% para 10%
Não sabe/não respondeu: manteve 5%

O Datafolha, contratado pela Folha de S. Paulo e TV Globo, ouviu 9.000 eleitores em 343 cidades entre quarta-feira (26) e hoje. A margem de erro é de dois pontos percentuais, para mais ou para menos. O Registro no TSE (Tribunal Superior Eleitoral) é o BR-08687/2018.

Rejeição

Os dois líderes das intenções de voto também viram seus números de rejeição piorarem, ambos com avanço de 3 pontos, com Bolsonaro chegando a 46% de eleitores dizendo que não votariam nele, enquanto 32% rejeitam Haddad. Confira os números:

Bolsonaro: de 43% para 46%
Haddad: de 29% para 32%
Marina: de 32% para 28%
Alckmin: manteve 24%
Ciro: de 21% para 21%
Vera: de 19% para 18%
Cabo Daciolo: de 19% para 17%
Eymael: manteve 17%
Boulos: de 18% para 17%
Meirelles: de 17% para 16%
Alvaro Dias: manteve 15%
Amoêdo: de 15% para 14%
João Goulart Filho: de 15% para 14%
Rejeita todos: manteve 4%
Votaria em qualquer um: manteve 2%
Não sabe/não respondeu: de 5% para 4%

PUBLICIDADE

Segundo turno

Já nas simulações de segundo turno, o confronto segue bastante embolado, com Bolsonaro perdendo em todos os cenários. Por outro lado, Ciro Gomes vence de qualquer adversário analisado pelo Datafolha, enquanto em uma disputa entre Alckmin e Haddad, a disputa está empatada com 39% para cada um. Confira os números:

Ciro 42% x 36% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Alckmin 45% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 16%; não sabe: 2%)
Ciro 48% x 38% Bolsonaro (branco/nulo: 12%; não sabe: 2%)
Haddad 39% x 39% Alckmin (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)
Haddad 45% x 39% Bolsonaro (branco/nulo: 13%; não sabe: 2%)
Ciro 41% x 35% Haddad (branco/nulo: 19%; não sabe: 3%)

Quer investir com corretagem ZERO na Bolsa? Clique aqui e abra agora sua conta na Clear!