Fique atento

Data marcada: próxima sentença de Moro sobre Lula deve sair em março

A decisão deverá  sair em data próxima à do encerramento do caso do triplex no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, informa O Globo

SÃO PAULO – Uma nova sentença do juiz federal Sérgio Moro sobre as ações do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva  deve sair até o final de março, segundo informa o jornal O Globo. Desta vez, o processo é sobre a acusação de que Lula recebeu vantagens ilícitas da Odebrecht. 

A decisão deverá  sair em data próxima à do encerramento do caso do triplex no Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF-4).

 Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear

PUBLICIDADE

A ação que terá a sentença de Moro em março foi recebida no fim de 2016 e trata da acusação de um prédio de R$ 12 milhões comprado pela Odebrecht na zona sul de São Paulo para abrigar a sede do Instituto Lula. Ela também se refere à cobertura vizinha à ocupada hoje por Lula em São Bernardo do Campo, que era alugada pelo governo federal durante o período em que ele foi presidente.

Segundo a acusação do MPF, quando o petista deixou o governo, a Odebrecht se comprometeu a adquirir o imóvel para doá-lo. O laranja da operação foi Glauco da Costa Marques, primo de José Carlos Bumlai, amigo do ex-presidente.

 Já a defesa de Lula diz que o apartamento foi alugado pela família do ex-presidente em 2011 e que os aluguéis foram pagos.

Já no caso do Instituto Lula, o imóvel teria sido arrematado em 2010, em nome de uma construtora baiana parceira de negócios da Odebrecht. Assim, como no caso do tríplex, o ex-presidente chegou a visitar o terreno, mas o Instituto Lula acabou não sendo transferido para o imóvel. 

A defesa de Lula diz que o Instituto nunca mudou seu endereço e reconhece que o prédio chegou a ser visitado, mas não interessou porque era mal localizado.