AO VIVO Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Saiba quando entrar e sair das operações na Bolsa

Diz colunista

Cunha mira Temer para tentar convencer PGR a fechar delação – mas enfrenta grande obstáculo

Segundo coluna Painel, da Folha de S. Paulo, ex-deputado reorganizou seu "arsenal" com informações que envolvem Temer e seus aliados - mas delação de Lúcio Funaro compromete acordo de Cunha com a PGR

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Segundo informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, advogados do ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) fazem uma nova rodada de negociações com a PGR (Procuradoria-Geral da República) nesta semana para tentar selar um acordo de delação.

Os investigadores têm mostrado resistência, aponta a coluna. Na última reunião, disseram que o material era insuficiente. Desta forma, Cunha reorganizou os anexos: agora, o foco será no presidente Michel Temer e seus principais aliados no Palácio do Planalto.

Porém, Cunha enfrenta a delação do operador Lúcio Funaro pelo caminho. A PGR afirmou que só fecharia um acordo de delação: ou de Cunha ou do operador. Os investigadores apontam que Funaro conseguiu juntar mais elementos contra Temer. Espera-se que a delação seja homologada na volta do recesso do Judiciário, em agosto. “As revelações do doleiro teriam potencial para desarranjar o apoio político a Temer no Congresso”, aponta a coluna.

Aprenda a investir na bolsa