Nome do PMDB

Cunha diz que Cid Gomes é “desqualificado” e defende Eduardo Paes para Presidência em 2018

O deputado esteve nesta manhã na Alep, na capital paranaense, para inaugurar o programa "Câmara Itinerante"

SÃO PAULO – Em Curitiba, o presidente da Câmara dos Deputados, deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) fez críticas ao ex-ministro da Educação Cid Gomes (PROS). Cunha chamou Gomes de “desqualificado” e disse que ele “se acha inimputável”. 

“O ex-ministro é um desqualificado, teve o destino que queria ter, ao ser demitido. A Câmara o está processando. E eu não vou bater boca com aquele que se acha inimputável. Ele se acha um indígena. Então, efetivamente ali é um caso de processo judicial”, afirmou Cunha. 

O deputado esteve nesta manhã na Alep (Assembleia Legislativa do Paraná), na capital paranaense, para inaugurar o programa “Câmara Itinerante”. Ele ainda falou que tem um candidato para a presidência da República em 2018: o atual prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes. 

PUBLICIDADE

Meu candidato é ele. O PMDB tem candidato. Acho que hoje um dos nomes que vão despontar na onda do PMDB é ele, porque é um prefeito em segundo mandato muito bem avaliado e tem feito uma transformação no Rio de Janeiro. Temos as Olimpíadas ano que vem e ele vai poder mostrar para o país a eficiência do seu trabalho. Com o sucesso das Olimpíadas, ele se credencia”, afirmou.