Segundo Folha

Cunha ameaça fazer delação e diz ter material para “explodir” o mundo empresarial

De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, o último recado dele foi "colérico"

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O ex-deputado Eduardo Cunha (PMDB-RJ) continua dando sinais de que está no seu limite e ameaça fazer delação premiada. De acordo com informações da coluna Painel, da Folha de S. Paulo, do último domingo, o último recado dele foi tão colérico que até os seus aliados mais fiéis se afastaram. 

Ele disse a um parlamentar que, com a delação, tem material para “explodir” o mundo empresarial, a começar por gigantes do setor de frigoríficos, já abalados pela Operação Carne Fraca, deflagrada pela PF no último mês. Porém, os advogados continuam negando que ele tenha disposição em fazê-lo.

Segundo o jornal, quem segue de perto os desdobramentos da Lava Jato acredita que o ex-parlamentar seguirá o exemplo do marqueteiro Duda Mendonça e tentará fechar acordo de colaboração com a Polícia Federal, e não com os procuradores. Dizem ainda que ele e o corretor Lúcio Funaro, também preso, jogam juntos.

Aprenda a investir na bolsa