AO VIVO Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre os números do grupo no trimestre; assista

Por Dentro dos Resultados: CEO e CFO do Fleury falam sobre os números do grupo no trimestre; assista

Política

Cuba convoca coletiva após aumentarem rumores sobre morte de Fidel

De acordo com jornal Diário de Cuba, a informação foi confirmada pelo Centro de Imprensa Internacional de Havana, mas detalhes não foram revelados

arrow_forwardMais sobre
Former Cuban leader Fidel Castro waves in Havana in this picture released by Cuban website Cubadebate October 19, 2012. Castro dismissed reports that he was dead or near death in an article published on Monday in Cuba’s state-run press. He accused news agencies and enemies of Cuba of spreading “stupidities” about him, particularly a report from a Spanish newspaper last week that said he had suffered a massive stroke and was in a vegetative state. Picture released October 19, 2012. REUTERS/Alex Castro/Courtesy of Cubadebate (CUBA – Tags: POLITICS PROFILE HEALTH) FOR EDITORIAL USE ONLY. NOT FOR SALE FOR MARKETING OR ADVERTISING CAMPAIGNS. THIS IMAGE HAS BEEN SUPPLIED BY A THIRD PARTY. IT IS DISTRIBUTED, EXACTLY AS RECEIVED BY REUTERS, AS A SERVICE TO CLIENTS

SÃO PAULO – Uma coletiva de imprensa foi convocada na manhã desta sexta-feira (9) em Havana, Cuba, para falar sobre os rumores, que aumentaram na véspera, sobre a morte do ex-presidente do país Fidel Castro. O ex-líder não aparece em público há um ano. 

De acordo com jornal Diário de Cuba, a informação foi confirmada pelo Centro de Imprensa Internacional de Havana, mas detalhes não foram revelados. Até o momento, no entanto, não há informações oficiais sobre a morte de Fidel, mas rumores do tipo já foram criados anteriormente.

Ontem, boatos ganharam força alimentados por meios de comunicação hispânicos nos Estados Unidos e por representantes da comunidade cubana no exílio, que teriam detectado tensão pouco comum entre os familiares de Fidel além de pessoas ligadas aos militares da ilha. 

PUBLICIDADE

Os rumores sobre a morte de Fidel ocorrem desde que ele se tornou o comandante da Revolução Cubana, mas o incomum na quinta-feira. Testemunhas afirmam ainda que o governo mandou restaurar ruas e avenidas em direção ao cemitério de Santa Efigênia, em Santiago de Cuba, onde autoridades estariam terminando o mausoléu onde Fidel seria sepultada.