CPI da Petrobras

CPI da Petrobras ouve ex-ministro da CGU, presidente do Coaf e viúva de Janene

A viúva de José Janene foi convocada para falar do relacionamento do ex-deputado com o doleiro Alberto Youssef; Youssef acusa Janene, morto em 2010, de ser o mentor do esquema de cobrança de propina na Petrobras

A Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Petrobras se reúne hoje, às 9h30, para ouvir o depoimento do ex-ministro da Controladoria-Geral da União (CGU) Jorge Hage; do presidente do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), Antônio Gustavo Rodrigues; e de Stael Janene, viúva do ex-deputado José Janene.

Jorge Hage foi convocado para responder a acusação feita pelo advogado inglês Jonathan Taylor de que a CGU não investigou suspeitas de pagamento de propina pela empresa SBM Offshore no ano passado por conta do calendário eleitoral.

Já o presidente do Coaf vai falar do sistema de controle do mercado financeiro, principalmente sobre a atuação de doleiros, usados para lavagem de dinheiro de propina pela Operação Lava Jato.

PUBLICIDADE

E a viúva de José Janene foi convocada para falar do relacionamento do ex-deputado com o doleiro Alberto Youssef. Youssef acusa Janene, morto em 2010, de ser o mentor do esquema de cobrança de propina na Petrobras. Devido a um habeas corpus concedido pelo Supremo Tribunal Federal (STF), Stael Janene não terá de assinar termo de compromisso para falar a verdade e não precisará responder a questões que possam incriminá-la.