CPI do HSBC

CPI cobra informações a 126 citados em lista do HSBC

Ricardo Ferraço disse que o objetivo é "saber se declararam ao Banco Central e à Receita" a existência de tais contas

arrow_forwardMais sobre

A CPI do HSBC aprovou na manhã desta quinta-feira (16) o requerimento do relator, Ricardo Ferraço (PMDB-ES), que solicita informações às 126 pessoas listadas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf) como detentoras de contas no HSBC de Genebra e que são alvos de investigações relacionadas a supostas fraudes fiscais.

Ferraço disse que o objetivo é “saber se declararam ao Banco Central e à Receita” a existência de tais contas.

– Essas informações são fundamentais para que possamos separar o joio do trigo, para sabermos se cumpriram a lei – acrescentou o senador.

PUBLICIDADE

Também foi aprovada a elaboração e o envio à CPI de 50 relatórios de inteligência fiscal (RIF), sob responsabilidade do Coaf, também envolvendo nomes investigados.

A CPI decidiu ainda realizar uma visita ao embaixador da Suíça no Brasil, Andre Regli, além de aprovar outras audiências. Entre elas, com o diretor-geral da Polícia Federal, Leandro Daiello, e com o jornalista e ex-deputado suíço Jean Ziegler, autor do livro A Suíça lava mais branco.