Corrupção passou do 7o para o 2o lugar no ranking de preocupações dos brasileiros

Em 2004, a questão aparecia como 1o problema do país para 2,8% das pessoas. Em 2005, o percentual subiu para 19,8%

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A corrupção está tirando o sono dos brasileiros! O problema passou do sétimo para o segundo lugar, entre 2004 e 2005, no ranking de preocupações da população.

No fim de 2004, quando a avalanche de denúncias de corrupção não tinha começado, o item aparecia como primeiro problema do país para uma minoria ínfima de 2,8%. Um ano depois, 19,8% apontaram essa questão como sendo a mais preocupante.

De acordo com o estudo da Market Analysis, divulgado na última terça-feira (23), o desemprego continuou ocupando o topo da lista de problemas nacionais que os brasileiros consideram requerer mais urgência e atenção, apesar da queda na participação, de 41,2% em 2004 para 32,6% no ano passado.

Violência e Insegurança

Aprenda a investir na bolsa

A questão da violência e da criminalidade apareceu em 3o lugar na lista de preocupações dos brasileiros, com 16,8% das respostas espontâneas. Um ano antes, o item havia sido lembrado por 10,2% dos entrevistados.

Um dos destaques da pesquisa é a questão da pobreza e da miséria. Este ano, o item foi lembrado por apenas 8% dos brasileiros, ocupando o quarto lugar no ranking. Entretanto, no final de 2004, a pobreza aparecia em 2o lugar, com 16,7% das opiniões.

Com relação às outras preocupações, como déficits na área da saúde ou de educação, problemas da economia (inflação, juros) e problemas relacionados ao narcotráfico, os índices permaneceram estáveis.

O uso de drogas e os decorrentes problemas criminais, sociais e políticos do narcotráfico ocupam o primeiro lugar para 1,5% dos brasileiros residentes nas grandes cidades. Surpreendentemente, os moradores de Salvador e Curitiba demonstraram um incômodo maior com o problema do que paulistas e cariocas.