Corrupção cresceu no Brasil, segundo ranking da Transparência Internacional

Brasil obteve nota 3,3, de acordo com a organização, o que é um indício de sérios problemas de corrupção

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – A imagem do Brasil no exterior se deteriorou, segundo o ranking de percepções sobre corrupção divulgado pela ONG (Organização Não-Governamental) Transparência Internacional.

Em um estudo que contempla 163 países, o Brasil passou do 62º para o 70º lugar no Índice de Percepções de Corrupção. O estudo foi publicado pela organização nesta segunda-feira (06).

Restringindo-se a avaliação aos 154 países que compareceram simultaneamente nas pesquisas de 2005 e 2006, o Brasil caiu cinco posições. O país obteve nota 3,3 este ano.

Destaques do estudo

Aprenda a investir na bolsa

Levando em consideração que quanto menor a nota, pior a avaliação. A nota cinco é considerada um meio termo. Nota inferior é indício de sérios níveis de corrupção.

Os melhores colocados são Finlândia (9,6), Islândia (9,6) e Nova Zelândia (9,6), com Dinamarca (9,5), Cingapura (9,4) e Suécia (9,2) logo em seguida.

Já os países mais corruptos, de acordo com o estudo da ONG Transparência Internacional, são Haiti (1,8), Mianmar (1,9), Iraque (1,9), Guiné (1,9) Sudão (2,0) e Republica Democrática do Congo (2,0).