Pedido de ajuda

Corrente do PT pede ajuda de movimentos em “programa emergencial para sair da crise”

A corrente do partido CNB destaca que o partido precisa se reinventar e defende mudanças no ajuste fiscal proposto pelo segundo mandato da presidente Dilma Rousseff.

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Em um documento intitulado Manifesto, a corrente majoritária do PT, chamada CNB (Construindo um Novo Brasil) convocou partidos de esquerda, movimentos sociais e intelectuais para contribuírem para um “programa emergencial para sair da crise”. 

A corrente destaca que o partido precisa se reinventar e defende mudanças no ajuste fiscal proposto pelo segundo mandato da presidente Dilma Rousseff. “Não se pode fazer da necessidade de sanear a situação fiscal a ocasião para a apologia de uma política econômica conservadora, cujas consequências bem conhecemos”.

O documento critica ainda as medidas de ajuste que, segundo aponta, reduzem os direitos trabalhistas: “o governo está pressionado pela necessidade de uma solução de curto prazo para seus problemas fiscais. Os meios econômicos e financeiros internacionais querem que o “ajuste” seja o ponto de inflexão de nossa política econômica em direção ao conservadorismo. (…) Esse movimento não se pode fazer confrontando os trabalhadores”.

PUBLICIDADE

Os grupos pregam que se forme uma frente para  impedir “o avanço da direita” e dizem que o partido precisa “voltar às ruas”.