Copel: com fluxo de notícias positivo, analista reitera recomendação outperform

Proximidade das eleições aumenta tom positivo, com candidatos dispostos a melhorar gestão da empresa; target é de R$ 50

SÃO PAULO – Com a proximidade das eleições para governador no Paraná, os dois principais candidatos – Beto Richa (PSDB) e Osmar Dias (PDT) – têm mostrado discurso parecido, negando intenção de privatizar a Copel (CPLE6) e sinalizando melhorias de gestão. Avaliando o fluxo de notícias positivo, que deve se intensificar, o analista da Itaú Corretora, Marcos Severine, reiterou recomendação outperform (acima da média do mercado) e o preço-justo de R$ 50 – upside de 36,2% frente o fechamento de 21 de julho.

O atual líder nas pesquisas com 40% das intenções de voto, Richa afirmou em entrevista recente que está comprometido em melhorar as operações e a gestão da Copel. O segundo colocado nas pesquisas, Osmar Dias, que atualmente possui 33% das intenções de voto, mantém discurso similar, como observa o analista da Itaú Corretora.

Para Severine, a posição dos principais candidatos ao governo paranaense – preterindo melhorias operacionais e de gestão a privatização – é positiva e soma-se aos múltiplos atraentes da empresa – desconto de 23% em relação à media do setor -, justificando a visão de que os papéis são os favoritos dentro do setor.