Conturbado noticiário político pouco influenciou decisão dos eleitores, revela Datafolha

Lula manteve 50% das intenções de voto e Geraldo Alckmin cresceu um ponto percentual, para 29%

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O conturbado noticiário político recente pouco influenciou a decisão dos eleitores quanto ao voto. Segundo a sondagem publicada pelo instituto Datafolha, Lula manteve 50% das intenções de voto e Geraldo Alckmin cresceu um ponto percentual, para 29%.

A candidata Heloisa Helena, do PSOL, manteve os 9% de intenção de voto. Com isso, a vantagem de Lula sobre a soma dos demais adversários passou de 11 para 10 pontos percentuais. O petista, no entanto, tem 56% dos votos válidos e segue eleito em primeiro turno.

O Datafolha ouviu 7.735 eleitores em 353 municípios de todo o Brasil entre os dias 18 e 19 de setembro. A margem de erro da pesquisa é de dois pontos percentuais.

Eventual segundo turno e avaliação do governo

Aprenda a investir na bolsa

Mesmo com os números não apontando a necessidade de segundo turno, o Datafolha questionou os eleitores sobre uma disputa polarizada entre Lula e Alckmin.

O petista venceria o tucano por 55% a 38%, mesmos percentuais registrados na pesquisa revelada na segunda semana de setembro.

Em relação ao desempenho do governo Lula, a avaliação ótima ou boa passou de 46% para 48%, a regular oscilou de 35% para 34% e a ruim ou péssima ficou em 18%.