AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Considerando-se disciplinado, Ciro declara apoio à candidatura de Dilma

Deputado cearense reafirmou o erro do partido ao vetar seu nome para concorrer à presidência, mas disse respeitar a democracia

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O deputado federal Ciro Gomes (PSB-CE) declarou nesta quinta-feira (29) seu apoio à candidatura presidencial de Dilma Rousseff. Para Ciro, a adesão à chapa petista estava garantida desde que sua intenção de também concorrer ao Planalto foi descartada.

“O apoio nunca esteve em discussão. Meu partido tem uma posição formal e eu sou disciplinado”, disse o deputado após almoço com Dilma no escritório político do PT no Lago Sul, em Brasília.

Ciro, contudo, preferiu ser evasivo e não indicou se fará campanha no Ceará. “Na medida em que minhas preocupações com o futuro do Brasil vão se revelando, vai aumentando meu entusiasmo”, disse.

PUBLICIDADE

Mesmo apoiando Dilma, a quem chamou de “velha amiga”, o deputado continuou a afirmar que seu partido errou ao vetar sua candidatura. “Eu considero ainda que meu partido não tomou a posição correta, tomou a decisão errada, e acho que a democracia brasileira perdeu a oportunidade de ampliar o debate e a discussão. Mas na democracia – e eu amo a democracia – prevalece a vontade da maioria”, afirmou.

Águas passadas
Após Ciro Gomes ter sua candidatura impedida pelo PSB, em meados de abril, o deputado chegou a dizer que o oponente de Dilma, José Serra (PSDB), era “mais preparado” para assumir a presidência. Este foi o primeiro encontro entre a ex-ministra da Casa Civil e Ciro Gomes desde então.