Conselho de Ética vota segundo processo contra Renan na próxima terça-feira

Na ocasião, será colocado em votação o relatório do senador João Pedro, que recomenda a paralisação das investigações

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – O Conselho de Ética do Senado vai se reunir na próxima terça-feira (2) para avaliar o segundo processo contra o senador Renan Calheiros. Na ocasião, será colocado em votação o relatório do senador João Pedro, que recomenda a paralisação das investigações.

O relator defende que o Conselho congele as investigações até que o Conselho de Ética da Câmara apure se há indícios do envolvimento de Renan ou seu irmão com a cervejaria Schincariol.

Esta representação acusa o presidente da Casa de beneficiar a Schincariol junto ao INSS. Em troca, a cervejaria teria comprado uma fábrica superfaturada de seu irmão, deputado Olavo Calheiros.

Aliado quer arquivamento

Aprenda a investir na bolsa

O senador Wellington Salgado, um dos mais fiéis aliados de Renan e pertencente ao mesmo partido, afirmou que apresentará voto em separado para pedir o arquivamento do processo. Salgado justifica que não há provas para condenar o presidente do Senado.

Na mesma reunião, antes de votar a segunda representação, o Conselho de Ética também vai decidir se unificará os três processos que tramitam no órgão contra Renan Calheiros. O PT defende a unificação argumentando que, reunidos em um único texto, as ações podem tramitar com agilidade na Casa.