Conselho de Ética recebe perícia da PF nos documentos de Renan Calheiros

Presidente do Conselho já convocou reunião com os relatores para definir qual será o rito processual

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – O presidente do Conselho de Ética do Senado, Leomar Quintanilha, recebe na próxima terça-feira (21) o resultado da perícia feita pela Polícia Federal nos documentos apresentados pela defesa do senador Renan Calheiros para justificar seus rendimentos.

Quintanilha convocou também para a próxima terça-feira uma reunião com os três relatores que conduzem a investigação para saber se Renan teve contas pessoais pagas por terceiros. O objetivo é definir qual será o rito processual após o recebimento da perícia.

Após receber a cópia do relatório da PF, o presidente da Casa terá cinco dias para apresentar sua defesa, embora o senador possa comparecer ainda nesta semana ao Conselho de Ética para apresentar esclarecimentos que os relatores julgarem necessários, informou Quintanilha.

Terceiro processo sem relator

O presidente do Conselho ainda procura um senador membro do colegiado que aceite relatar a terceira representação contra Renan Calheiros. O designado irá apurar se o parlamentar usou “laranjas” para adquirir veículos de comunicação em Alagoas.

Caso não encontre um senador disposto a relatar o caso, Quintanilha vai pedir aos líderes partidários que façam indicações. O novo processo contra Renan é considerado por alguns senadores como o mais complexo dos três para ser analisado.