Economia

“Congresso já mostrou que ‘na hora H’ ele comparece”, diz Joaquim Levy

Para ele, governo precisa "fazer o dever de casa fiscal" para levar a inflação para meta, mas que se não se mexer o desemprego vai aumentar

SÃO PAULO – O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, reforçou a necessidade de ajustes na economia, durante entrevista à GloboNews nesta sexta-feira (4). “Se não fizermos nada, o desemprego vai crescer”. 

Levy destacou que o Congresso já mostrou que “na hora H” ele comparece e que é preciso “fazer o dever de casa fiscal” para a inflação convergir para a meta. “Baixar a inflação tem que ser compromisso conjunto”. 

Sobre à euforia do mercado à aceitação do pedido de impeachment, o ministro comentou que contribuiu também as votações no Congresso, que aprovou na quarta-feira a nova meta fiscal para 2015, trazendo alívio para gastos da máquina pública. “Questão do impeachment só vai dar mais clareza”, disse. 

PUBLICIDADE