Ex-deputado

Condenado no mensalão é flagrado bebendo no bar e tem benefício suspenso

A defesa do ex-deputado ainda pode recorrer da decisão de revogação dos benefícios

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A Justiça mineira suspendeu os benefícios que tinha direito o ex-deputado federal pelo PTB Romeu Queiroz, condenado por envolvimento no mensalão. E a Justiça pode ainda determinar a regressão do regime de sua pena atual para o fechado. 

A decisão foi tomada pela juíza da Vara de Execuções Criminais de Ribeirão das Neves, Miriam Vaz Chagas, após o jornal ‘O Tempo’ divulgar imagens do ex-parlamentar bebendo no bar com os amigos. 

A defesa do ex-deputado ainda pode recorrer da decisão de revogação dos benefícios. Segundo o atestado de pena do ex-parlamentar, ele já conseguiu a remissão de 64 dias de pena com o trabalho externo; sua sentença só estará cumprida em março de 2020, mas ele teria direito a sair em liberdade condicional em novembro deste ano.