Concessão de crédito para empresas tem queda de 2,8% em outubro

Segundo o BC, volume concedido passou de R$ 110,097 bilhões para R$ 106,965 bilhões entre setembro e outubro deste ano

SÃO PAULO – O volume das novas concessões de crédito para empresas, por meio de recursos livres, caiu 2,87% no décimo mês de 2008, tomando como base o mês anterior, passando de R$ 110,097 bilhões para R$ 106,965 bilhões. Na comparação com outubro de 2007 (R$ 96,297 bilhões), houve alta de 11,1%.

De acordo com os dados da “Nota de Política Monetária e Operações de Crédito” do Banco Central (BC), divulgada nesta terça-feira (25), a média diária de concessões passou de R$ 5,004 bilhões em setembro para R$ 4,651 bilhões no mês passado.

Evolução por modalidade de crédito

Considerando o volume diário das novas concessões, o destaque ficou novamente com a Conta Garantida, apesar de esta modalidade embutir juros mais altos. No total, esta linha de crédito respondeu por 31,15% dos recursos concedidos no mês passado.

PUBLICIDADE

As linhas de Capital de Giro (18,70%), Desconto de Duplicata (9,22%) e ACC (7,09%) também foram bastante utilizadas, ao contrário do Desconto de Promissória, cuja participação no total concedido foi de apenas 0,13%.

Na tabela abaixo, é possível avaliar a média diária de concessão de crédito por modalidade, para o décimo mês de 2008, mesmo período do ano anterior e a variação entre os dois períodos:




































OperaçãoOutubro 2007Outubro 2008Variação
Desconto de DuplicataR$ 422 miR$ 429 mi1,6%
Capital de GiroR$ 673 miR$ 870 mi29,3%
Conta GarantidaR$ 1,234 biR$ 1,449 bi17,4%
Aquisição de BensR$ 281 miR$ 115 mi-59,1%
VendorR$ 280 miR$ 204 mi-27,1%
ACCR$ 349 miR$ 330 mi-5,5%

Fonte: Banco Central