Encontro

‘Comunicação pressupõe contatos regulares’, diz Levy após reunião com Renan

O encontro não estava na agenda do ministro, que chegou ao Senado repentinamente e deixou o gabinete de Calheiros pela saída lateral, do lado oposto onde estava a imprensa

O ministro da Fazenda, Joaquim Levy, deixou neste início de noite de terça-feira, 17, o Senado Federal, onde esteve reunido com o presidente da Casa, Renan Calheiros, evitando a imprensa. O encontro não estava na agenda do ministro, que chegou ao Senado repentinamente e deixou o gabinete de Calheiros pela saída lateral, do lado oposto onde estava a imprensa. Ao ser questionado se estava evitando os jornalistas, o ministro disse apenas que veio conversar com Renan porque “comunicação pressupõe contatos frequentes”.

Ao ser interrogado se ele entende a comunicação do Ministério da Fazenda como eficiente, ele apenas sorriu antes de entrar no elevador. Hoje, o jornal “O Estado de S. Paulo” teve acesso a um documento do Palácio do Planalto, no qual a Secretaria de Comunicação Social da Presidência (Secom) reconhecia em memorando interno que a comunicação do governo está “errática”.