Eleições

Comitê de Marina projeta queda em pesquisas e faz planos para chegar ao 2º turno

Comando da campanha da candidata prevê que ela se mantenha na defensiva por enquanto; em reunião, foi sugerida a proposta de uma nova alteração no programa de governo

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Ontem, alguns rumores indicavam que pesquisas feitas pelo PT e PSDB já indicavam que Marina Silva deve começar a mostrar queda nas próximas pesquisas. Desta vez, o próprio comando da campanha da pessebista já está prevendo esta perda da vantagem que a candidata tem. Com isso, os planos agora são apenas de conseguir chegar no segundo turno, o que deve levar Marina a manter uma postura defensiva diante dos ataques que tem sofrido.

Segundo a Folha de S. Paulo, a equipe da candidata se reuniu no último final de semana para estudar as recentes pesquisas. A diferença que já foi de 10 pontos entre ela e Dilma no segundo turno, caiu para 7 pontos no último Datafolha e, segundo o jornal, a equipe dela já vê esse número caindo para 6 pontos.

Por outro lado, a Folha explica que as pesquisas internas foram feitas até a última sexta-feira (5), ou seja, ainda não mostram o reflexo diante das denúncias apresentadas pela Revista Veja pela delação feita pelo ex-diretor da Petrobras, Paulo Roberto da Costa. De acordo com o jornal, a estratégia agora é se manter na defensiva para que Marina chegue ao segundo turno, onde a disputa fica mais equilibrada.

Aprenda a investir na bolsa

Outro ponto abordado foi uma possível nova revisão no conteúdo do plano de governo de Marina. Porém, a candidata negou qualquer possibilidade disso acontecer, principalmente porque este se tornou um dos principais pontos de “ataque” contra ela depois que a pessebista alterou dois trechos do programa pouco depois de lançá-lo. Vale destacar que o programa já está em revisão, segundo a Folha.