Comércio eletrônico: buscadores se destacam em audiência do consumidor

Entre maio e junho de 2009, audiência desses sites cresceu de 83,5% para 86,2%, de acordo com Ibope//NetRatings

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Quando o assunto é o uso da internet residencial para fazer compras, o consumidor brasileiro dá mais audiência aos buscadores do que aos portais das lojas de varejo, segundo revelou pesquisa do Ibope//NetRatings.

Em junho deste ano, os buscadores ficaram com alcance de 86,2% dos 25,6 milhões de internautas residenciais, ante uma representatividade de 83,5% um mês antes, quando o número de pessoas que usavam a internet de casa era o mesmo.

O número de usuários desses sites cresceu 3,4% entre o quinto e o sexto mês do ano, o que representa 726 mil usuários a mais.

Lojas de varejo

Aprenda a investir na bolsa

Os portais das lojas de varejo representaram 45,5% dos usuários de internet residencial do mês de junho, ante 44,3% no mês anterior. O crescimento mensal, neste caso, foi de 2,8%, o que representa 313 mil usuários a mais.

No caso dos classificados e leilões, outras categorias de portais para a compra pela internet, o acesso chegou a 39,7% dos internautas no sexto mês do ano, ante 39,5% em maio. Em número de usuários, houve um crescimento de 1,4%, com 141 mil internautas a mais.

Já os comparadores de preços registraram o maior crescimento, de 6,3% entre maio e junho, o que representa mais 546 mil usuários. Com isso, a categoria passou a atingir 35,8% dos usuários da internet, ante 33,7% em maio.