UM BRASIL

“Combate à corrupção tem que ser eterno”, diz sócio da PwC

O UM BRASIL, parceiro de conteúdo do InfoMoney, entrevistou o sócio da PwC Brasil, Leonardo Lopes

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Para falar sobre o combate à corrupção e os programas de boa governança e compliance no setor privado, o UM BRASIL, parceiro de conteúdo do InfoMoney, entrevistou o sócio da PwC Brasil, Leonardo Lopes.

Na conversa, ele explica o que é corrupção, quais os pilares para enfrentá-la e como os procedimentos de compliance ajudam as empresas a evitá-la. Lopes ainda aborda os efeitos da globalização e das novas tecnologias nas investigações criminais e os impactos da Lava Jato e da delação premiada sobre a cultura da corrupção no Brasil.

PUBLICIDADE

“Se eu estou em um país em que existe uma cultura de corrupção é porque existiu uma ruptura na relação de confiança entre o governo e população. Porque existe um sentimento, uma percepção, de que o governo, as pessoas que têm poder naquele ambiente, fazem um mau uso daquele poder”, diz Lopes em um trecho da entrevista.