Eleições

Com Padilha fraco nas pesquisas, PT já pensa em Skaf como plano B em SP

No entanto, em desvantagem nas pesquisas, a sigla já alinha apoio ao peemedebista Paulo Skaf, presidente da Fiesp, em um eventual segundo turno

247 – Com a presença da presidente Dilma Rousseff e do ex-presidente Lula, o ex-ministro Alexandre Padilha será lançado oficialmente ao governo de São Paulo pelo PT, no domingo.

No entanto, em desvantagem nas pesquisas, a sigla já alinha apoio ao peemedebista Paulo Skaf, presidente da Fiesp, em um eventual segundo turno. Estratégia visa garantir derrota do governador Geraldo Alckmin (PSDB), que tenta a reeleição.

Skaf, que já conseguiu o apoio do PDT para a sua candidatura, ainda tenta fazer um acordo com o ex-prefeito paulistano Gilberto Kassab (PSD). A composição teria mais peso para influenciar paulistas.

O PT está impressionado a rejeição ao partido no maior colégio eleitoral do País. Apesar da crise da agua e da greve dos metroviários, a presidente Dilma Rousseff é que tem saído mais desgastada nas pesquisas.

Esta matéria foi publicada originalmente no Brasil 247. Confira clicando aqui.