Semiparlamentarismo

Com aval de Dilma, Renan articula proposta para reduzir os poderes dela

Semiparlamentarismo preservaria o mandato de Dilma como presidente, mas deixaria a administração para um primeiro-ministro

SÃO PAULO – Com o aval da presidente Dilma Rousseff, o presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), decidiu articular a votação da proposta do semiparlamentarismo, que reduz os poderes dela.

Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, a sugestão foi discutida numa reunião a sós entre Renan e Dilma recentemente e revelada por ele a aliados próximos após a convenção do PMDB. Essa proposta preservaria o mandato de Dilma como presidente, mas deixaria a administração para um primeiro-ministro. 

O posto poderia ficar com o vice-presidente Michel Temer, dependendo da emenda constitucional aprovada. A engenhosa solução aponta que Renan ainda resiste a abandonar Dilma. 

PUBLICIDADE

Renan decidiu, na semana passada, criar uma comissão especial para discutir o regime de governo. Contudo, a sugestão de Renan tem reduzidas chances de prosperar, segundo interlocutores. 

Especiais InfoMoney:

Como o “trader da Gerdau” ganhou meio milhão de reais na Bovespa em 2 meses 

InfoMoney faz nova atualização na Carteira Recomendada de março; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa