Diz O Globo

Com afastamento próximo, principais ministros de Dilma fazem planos para o futuro

Ministros Edinho Silva, Jaques Wagner e Ricardo Berzoini já fazem planos para o futuro, afirma matéria do jornal O Globo

SÃO PAULO – A possibilidade da presidente Dilma Rousseff ser afastada do Palácio do Planalto em meados de maio ganha forças com a proximidade da votação da admissibilidade do processo de impeachment pelo Senado. Desta forma, os aliados políticos da presidente, que formam a “tropa de choque” do governo, já fazem planos para o futuro, conforme destaca reportagem do jornal O Globo

De acordo com a publicação, ninguém fala publicamente sobre o que irá fazer após Dilma ser afastada do cargo, mas os ministros mais próximos já preparam seus projetos para a quarentena de seis meses.

O ministro da Comunicação Social, Edinho Silva, voltará a Araraquara (SP), onde pretende se candidatar a prefeito e quer ajudar na reorganização do PT paulista. O ministro da Secretaria de Governo, Ricardo Berzoini, deve focar na articulação junto aos sindicatos em São Paulo.

PUBLICIDADE

Já o ministro-chefe do Gabinete Pessoal da Presidência, Jaques Wagner, voltaria para a Bahia e, segundo a  avaliação de funcionários próximos a ele, poderia  vir a integrar formalmente o governo estadual, possivelmente com um cargo de secretário. Ao jornal, o ministro disse que “não há a menor possibilidade” de ele assumir um cargo no governo da Bahia, comandado pelo seu sucessor Rui Costa e que seus planos são cumprir a quarentena de seis meses. 

Se for afastada do cargo pelo Senado, Dilma fará o Palácio da Alvorada o seu local de trabalho e contará com uma pequena estrutura e equipe de apoio. Devem continuar trabalhando com ela seu assessor especial Giles Azevedo; a chefe de gabinete adjunta de informações em apoio e decisão, Sandra Brandão, e o assessor pessoal Bruno Monteiro. Além disso, fala-se também na possibilidade de o assessor especial para assuntos internacionais da Presidência, Marco Aurélio Garcia, entrar no time. 

Especiais InfoMoney:

Carteira InfoMoney rende 17% no 1º trimestre; CLIQUE AQUI e baixe!

Trader que perdeu R$ 285.000 com Telebras conta como deu a volta por cima

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa