Indenização

Ciro Gomes é condenado a pagar R$ 20 mil por xingar ex-deputado

Na época, ele falou a frase ao comentar as especulações de que o então deputado federal seria o ministro da Saúde de Dilma Rousseff

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Ciro Gomes foi condenado a pagar R$ 20 mil ao vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Junior (MDB), a título de indenização por tê-lo chamado de “semianalfabeto, picareta e desqualificado” em entrevista à Rede TV em 2015. Na época, ele falou a frase ao comentar as especulações de que o então deputado federal seria o ministro da Saúde de Dilma Rousseff.

Ciro justificou ter falado “no calor das emoções típicas do meio político”, mas o juiz Luís Miranda rebateu esta fala em sua decisão: “cautela e comedimento nas palavras são atemporais”.

A sentença foi dada na última sexta-feira 16) e, na decisão, o juiz cita também o fato de Ciro ter chamado o vice-prefeito de “semianalfabeto” de forma pejorativa, uma vez que ele é médico, para concluir que houve violação da honra. O pré-candidato à presidência poderá recorrer da decisão.

PUBLICIDADE

Quer investir em ações pagando só R$ 0,80 de corretagem? Clique aqui e abra sua conta na Clear