Eleições 2018

Ciro diz que Lula opera contra sua campanha: “não sei o que fiz para merecer essa hostilidade”

Na sabatina a jornalistas, Ciro disse que ainda não foi informado da movimentação de PT e PSB. Por este motivo, reforçou desejo de ainda contar com um possível apoio dos socialistas

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Terceiro presidenciável a participar do ciclo de sabatinas organizado “Central das Eleições”, do canal GloboNews, o ex-governador do Ceará Ciro Gomes (PSB) disse, nesta quarta-feira (1), que sua candidatura tem sido alvo de esforços para isolamento de adversários à centro-direita e à esquerda.

“Trabalharam para me isolar [Michel] Temer, o PSDB e o PT de Lula”, afirmou. As declarações ocorrem após o avanço de um acordo entre PT e PSB que afastaria os socialistas de uma aliança que se delineava em torno da candidatura do pedetista. 

Na sabatina a jornalistas, Ciro disse que ainda não foi informado da movimentação dos dois partidos. Por este motivo, reforçou desejo de ainda contar com um possível apoio do PSB. Por outro lado, afirmou que, caso a notícia se confirme, “será um revés”, mas “normal”. 

PUBLICIDADE