Assista

Ciro dá empurrão e xinga jornalista durante ato de campanha em Roraima; vídeo viraliza nas redes sociais

"Vá para a casa do Romero Jucá, seu filho da p...", disse o candidato do PDT durante ato no último sábado

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Depois de tentar demonstrar publicamente que não está mais tão explosivo, o  candidato à Presidência da República pelo PDT, Ciro Gomes, mostrou irritação com um jornalista durante ato de campanha no último sábado (15) em Boa Vista (RR), em vídeo que viralizou nas redes sociais. 

Quando perguntado pelo homem sobre suas manifestações a respeito da turbulência na Venezuela e dos brasileiros que agrediram alguns desses estrangeiros, o candidato do PDT à presidência mostrou irritação e o empurrou, além de falar para prendê-lo.

“Ciro, o senhor reafirma o que disse sobre os brasileiros que tiveram aquela manifestação da fronteira, que chamou os brasileiros de canalhas, desumanos e grosseiros?”, perguntou o homem que se identificava como jornalista. O candidato do PDT, então, respondeu: “Vá para a casa do Romero Jucá, seu filho da p…”. Depois, Ciro diz para sua equipe para tirá-lo dali. “Esse aqui é do Romero Jucá. Tira ele, prende esse aí”, afirma o candidato, que também empurrou o homem. 

PUBLICIDADE

O homem é Luiz Nicolas Maciel Petri, jornalista e que tem uma produtora que presta serviços para o candidato ao Senado Chico Rodrigues (DEM). Já segundo a assessoria do candidato, Petri não é jornalista e que foi lá apenas com a intenção de provocar o presidenciável do PDT. Ainda segundo a assessoria, ele trabalha para o senador  Romero Jucá (MDB).

Em seu perfil em rede social, Petri disse que cobria o evento para o seu programa de TV e que levou um soco na barriga. “Apenas fiz uma pergunta. Lamento que um candidato a presidente tenha esse tipo de atitude e que tenha uma candidata ao senado aqui de Roraima que o apoie”, afirmou. Angela Portela é a candidata apoiada por Ciro para o Senado no estado. 

Petri apresenta o programa “Saldo Positivo”, na TV Tropical, afiliada do SBT em Roraima. Em entrevista à Folha de S. Paulo, ele disse não ser funcionário da TV Tropical. “Tenho um horário comprado, o meu programa é terceirizado, pago com patrocinadores privados. Não tem nenhum patrocinador da iniciativa pública, eu não tenho cargo comissionado na esfera federal, estadual, nem na municipal”. Petri disse que estava no evento como jornalista e que fez apenas um questionamento que estava entalado na garganta de toda a população Roraima.

Confira o vídeo da discussão de Ciro Gomes com o jornalista: 

Quer investir em ações com a menor corretagem do Brasil? Clique aqui e abra sua conta na Clear