AO VIVO Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Renda extra imobiliária: Como montar uma carteira vencedora de FIIs; assista

Cidades Sustentáveis ajuda consumidor a influenciar condidatos às eleições

Programa lançado nesta sexta traz ferramentas para governantes desenvolverem as cidades de forma sustentável

SÃO PAULO – A partir desta sexta-feira (19), os cidadãos brasileiros poderão contar com uma série de ferramentas para influenciar e comprometer os candidatos do próximo ano – os futuros prefeitos que assumem em 2013 – a adotarem uma governança pautada na sustentabilidade.

Isso porque foi lançado o Programa Cidades Sustentáveis, que foi criado pela Rede Nossa São Paulo, a Rede Social Brasileira por Cidades Justas e Sustentáveis, o Instituto Ethos e mais uma lista extensa de apoiadores.

O objetivo dele é sensibilizar, mobilizar e oferecer ferramentas para que os governantes atuem nas cidades brasileiras, desenvolvendo-as de forma social, ambiental e economicamente sustentável.

PUBLICIDADE

“Faça o que prometeu e explique-se”, esse é o lema proposto pelo presidente do Instituto Ethos, Jorge Abrahão. “Alguns podem entender a ideia como uma armadilha, mas os bons políticos receberão como um presente”.

Cada um deve cumprir o seu papel
O coordenador-geral da Rede Nossa São Paulo, Oded Grajew, salientou, durante o evento de lançamento, que todos têm um espaço e podem desempenhar um papel essencial nesse processo.

O site do Programa sugere que a sociedade civil apoie, acompanhe e divulgue o programa, busque parcerias, articule e mobilize-se com outros interessados, proponha aos candidatos às eleições que assinem a Carta Compromisso e também estabeleça um canal de diálogo com o poder público local e ainda mude o seu estilo de vida, buscando as seguintes ações sustentáveis:

  • Evitar e reduzir os resíduos e aumentar a reutilização e a reciclagem, com inclusão social das cooperativas de catadores e recicladores.
  • Gerir e tratar os resíduos de acordo com técnicas e modelos sutentáveis.
  • Evitar desperdícios de energia, melhorar a eficiência energética e incentivar a autossuficência.
  • Adotar uma política rigorosa de compras públicas sustentáveis.
  • Promover ativamente a produção e o consumo sustentáveis, incentivando e regulamentando cadeias produtivas com certificações, rótulos ambientais, produtos orgânicos, éticos e de comércio justo.

Mudança de atitude
Com a ideia “Eu voto sustentável. Recicle o seu voto”, a campanha do programa visa realmente estimular a participação de todos. De acordo com Kleber Fonseca, da DPZ – empresa responsável pela publicidade –, isso não significa que as pessoas vão trocar de candidato, mas, sim, trocar de ideia.

Inclusive, os organizadores acreditam que o programa pode originar uma mudança na cultura política, ao oferecer o exemplo de experiências bem sucedidas que possam ser adaptadas à realidade local.

Diretrizes do Programa
O Cidades Sustentáveis inclui modelos de relatórios para prestação de contas à sociedade, referências internacionais de práticas de governança sustentável que deram certo (como em Tóquio, no Japão, e Gasteiz, na Espanha) e um banco de mais de 300 indicadores de sustentabilidade.

PUBLICIDADE

Alguns deles surgiram a partir da Plataforma Cidades Sustentáveis, desenvolvida ao longo de 2010, para constituir um banco de dados com práticas exemplares e políticas exitosas de sustentabilidade urbana.

Agora, com foco nas próximas eleições, o Programa inova, ao apresentar ferramentas importantes para o engajamento dos candidatos e o acompanhamento da sociedade civil.

De olho nos políticos
Com o intuito de fazer com que os candidatos a cargos executivos confirmem seu engajamento com o desenvolvimento sustentável, foi idealizada a Carta Compromisso, que deverá ser assinada pelos políticos.

Com isso, os signatários eleitos deverão estar dispostos a promover a Plataforma Cidades sustentáveis em suas cidades e a prestar contas das ações desenvolvidas e dos avanços alcançados por meio de relatórios, revelando a evolução dos indicadores básicos relacionados a cada eixo.