Eleições

Chefe da campanha do PMDB é encontrado morto em Porto Alegre

Peritos já estão no diretório do partido, mas ainda não há detalhes do que pode ter acontecido

arrow_forwardMais sobre
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Plínio Zalewski, um dos coordenadores da campanha do candidato peemedebista Sebastião Melo à Prefeitura de Porto Alegre, foi encontrado morto no banheiro da sede do PMDB na tarde desta segunda-feira (17), segundo informações da Polícia Civil. Peritos já estão no diretório do partido, mas ainda não há detalhes do que pode ter acontecido.

Segundo a delegada Luciana Smith, a família de Plínio havia comunicado a polícia há dois dias sobre o desaparecimento dele. “Havíamos começado a investigação, quando recebo essa informação [da morte] por uma pessoa que trabalha no partido”, disse.

Na comunicação do desaparecimento à polícia, a esposa de Plínio relatou, segundo a delegada, que ele vinha sofrendo “forte pressão política”. Não de uma pessoa específica, ainda conforme Luciana, mas no geral, em relação à campanha. O presidente do PMDB municipal, Antenor Ferrari, confirmou a morte e suspendeu a campanha por um dia.

Aprenda a investir na bolsa

Na madrugada desta segunda-feira, homens armados fizeram disparos contra o comitê da campanha do deputado Nelson Marchezan Jr. (PSDB), adversário de Melo. Segundo integrantes da campanha, houve dois ataques, com mais de uma dezena de tiros contra a fachada envidraçada do edifício. Funcionários tiveram de se jogar no chão para escapar dos disparos.

Confira a nota do PMDB de Porto Alegre:

O Partido do Movimento Democrático Brasileiro (PMDB), por seu diretório municipal de Porto Alegre, expressa profundo pesar pelo trágico falecimento do seu valoroso companheiro de lutas Plínio Alexandre Zalewski Vargas e solidariza-se com seus familiares, inúmeros amigos e companheiros de caminhada.

Plínio tem uma história dedicada ao desenvolvimento do Rio Grande do Sul, com especial foco na cidade de Porto Alegre, sendo reconhecido pelo seu trabalho comprometido e leal. 

Atualmente contribuía de forma valorosa como um dos coordenadores do plano de governo da campanha de Sebastião Melo a prefeito de Porto Alegre.

O diretório municipal do PMDB, diante deste triste episódio, declara luto, suspendendo por 24 horas as atividades partidárias e eleitorais.

PUBLICIDADE

Antenor Ferrari

Presidente do diretório municipal do PMDB de Porto Alegre