Política

Chance de Lula disputar eleição é muito pequena mesmo com tentativa de soltá-lo, diz Eurasia

Essa análise se dá porque o caso mostra que há um forte consenso entre os juízes, especialmente em tribunais de primeira instância, de manter as decisões tomadas contra o ex-presidente Lula no âmbito da Lava Jato

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Apesar de todo o embate jurídico ocorrido no domingo (8) para tentar tirar o ex-presidente Lula da prisão, o cenário não mudou e as chances do petista disputar a eleição de outubro ainda é muito pequena, afirma a Eurasia em relatório divulgado nesta segunda-feira (9).

Segundo a consultoria, essa análise se dá porque o caso mostra que há um forte consenso entre os juízes, especialmente em tribunais de primeira instância, de manter as decisões tomadas contra o ex-presidente Lula no âmbito da Lava Jato. A Eurasia acredita que Lula ficará preso pelo menos até as eleições, sendo que sua candidatura continua sendo muito improvável.

Outra conclusão tirada pela consultoria é que o caso cria o tipo de barulho que mantém a base do PT mobilizada, reforçando a estratégia do partido, que tenta mostrar que o petista sofre uma perseguição política. Para a Eurasia, a sigla está está bem posicionada para um segundo turno, provavelmente em uma disputa contra Jair Bolsonaro.

PUBLICIDADE

Essa chance é grande por conta do eleitorado desencantado e as taxas de abstenção mais altas, que fazem com que candidatos com uma base mais mobilizada tenham mais chances.

Neste sentido, a consultoria conclui que lembrando que Ciro Gomes está claramente fazendo incursões para negociar o apoio de partidos como PSB, PP e ate DEM, mas que ele terá de lutar muito para ser competitivo se o PT mantiver sua base mobilizada.