Caso PSDB não decida entre candidatos, Aécio deve se lançar ao Senado em janeiro

Governador mineiro já estabeleceu data até a qual vai esperar: 11 de janeiro; Serra quer decisão só em março

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – Segundo divulgou o Blog do Josias, o governador mineiro e pré-candidato à Presidência, Aécio Neves, já decidiu até qual data irá esperar por uma decisão do PSDB. Caso o partido não anuncie até o dia 11 de janeiro quem será o candidato da legenda, Aécio formalizará sua candidatura ao Senado em carta para o presidente do partido, Sérgio Guerra.

Ainda segundo informações divulgadas no blog, na carta constará que ele continuará fiel ao projeto nacional do tucanato e que ajudará a eleger o candidato que o partido indicar à sucessão presidencial. No entanto, o nome de José Serra, também potencial candidato, não será citado, já que ele não se admite como presidenciável.

O governador de São Paulo tenta postergar a decisão do PSDB para março. Aécio, por sua vez, acredita que a demora inviabilizaria seu potencial de atrair para a coligação entre tucanos e democratas partidos que fazem parte da atual base aliada do governo.

PUBLICIDADE

Caso não seja confirmado como candidato, Aécio também afirmará que, a partir de janeiro, vai se dedicar à formação do palanque mineiro. Para sua sucessão no comando do Estado, o atual governador já lançou formalmente seu vice, Antonio Anastasia.