Confusão na Lava Jato

Capoteiro rouba a cena ao ser chamado por engano para depor na Lava Jato

Sem querer, a Justiça convocou uma testemunha homônima para depor como testemunha de acusação contra o pecuarista José Carlos Bumlai

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Uma situação curiosa aconteceu na última sexta-feira (5), quando o capoteiro Jorge Washington Blanco ficou frente a frente com o juiz federal Sérgio Moro. 

Isso porque, sem querer, a Justiça convocou uma testemunha homônima para depor como testemunha de acusação contra o pecuarista José Carlos Bumlai.

A força-tarefa da Lava Jato procurava um executivo que seria ligado ao Banco Schahin, mas quem participou da audiência foi um capoteiro (profissional que reforma bancos de carros) de Minas Gerais.

Aprenda a investir na bolsa

“Uai, eu fiquei meio assim, falei: será que usaram meu nome nesse trem? Eu nunca me envolvi com nada errado. De uma hora pra outra aparece negócio de Lava Jato, coisa que eu vejo falar na televisão”, disse ele ao Estadão. 

Conforme destaca a coluna de Monica Bergamo, da Folha de S. Paulo, em meio à confusão, nem mesmo o juiz Sergio Moro, que conduzia a audiência, conseguiu segurar a risada.

InfoMoney faz atualização EXTRAORDINÁRIA na Carteira Recomendada; confira

André Moraes diz o que gostaria de ter aprendido logo que começou na Bolsa