Eleições nos EUA

Campanha de Donald Trump anuncia que irá pedir a recontagem de votos no Wisconsin

"Tem surgido relatos de irregularidades em vários condados de Wisconsin, que levantam sérias dúvidas sobre a validade dos resultados", diz a nota

(Shutterstock)
Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Em um momento crucial da apuração das eleições americanas, o diretor de campanha do presidente Donald Trump, Bill Stepien, informou que o republicano irá pedir recontagem dos votos no estado de Wisconsin “imediatamente”.

“Wisconsin tem sido uma disputa frágil como sempre soubemos que seria. Tem surgido relatos de irregularidades em vários condados de Wisconsin, que levantam sérias dúvidas sobre a validade dos resultados”, diz a nota.

“O presidente está bem dentro do limite para solicitar uma recontagem e faremos isso imediatamente”, completa o texto de Bill Stepien.

Aprenda a investir na bolsa

Trump liderava no estado – assim como em Michigan – até a manhã desta quarta, quando o democrata Joe Biden assumiu a liderança na apuração. Segundo analistas, isso se deu pela alta quantidade de votos por carta, que foram em sua maioria democratas.

Com o Arizona e Nevada indo para o democrata, uma vitória em Michigan e Wisconsin garante a ele os 270 delegados para ser eleito presidente.

Faltando apenas 300 votos para serem apurados, Biden liderava a corrida no estado com 1.630.389 votos (49,4%), contra 1.609.879 (48,8) de Trump. Mesmo assim, até o momento não foi declarado um vencedor na região.

Porém, segundo as regras eleitorais do estado, quando a diferença é menor de 1% dos votos, o adversário tem direito de pedir a recontagem, o que é o caso.

Você sabe o que é 3×1? Assista de graça a estratégia de opções que busca triplicar o capital investido em um mês