Política

Campanha de Dilma à reeleição arrecada R$ 350 milhões; JBS doa R$ 73 mi

Entre as empresas que mais doaram, aparecem o frigorífico, construtoras e bancos; dados foram divulgados nesta noite pelo TSE

arrow_forwardMais sobre

SÃO PAULO – A campanha da presidente Dilma Rousseff (PT) à reeleição arrecadou R$ 350,8 milhões e gastou R$ 350,5 milhões, não chegando, portanto, ao teto estipulado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral) de R$ 383 milhões. Entre as empresas que mais doaram, aparecem o frigorífico JBS (JBSS3) e as construtoras Andrade Gutierrez e a OAS, envolvida na Operação Lava Jato, da Polícia Federal, que investiga denúncias de corrupção e propinas na Petrobras (PETR3; PETR4). 

Os cinco que mais doaram foram o JBS (R$ 73,2 milhões), seguido por Andrade Gutierrez, OAS, Bradesco (BBDC3; BBDC4) e Odebrecht, que doaram R$ 21 milhões, R$ 20 milhões, R$ 10,2 milhões e R$ 8,9 milhões, respectivamente. Os dados foram divulgados nesta noite pelo TSE.

De acordo com a legislação, o TSE tem que julgar as contar da presidente em até oito dias antes da diplomação, que, no caso, ocorrerá em 18 de dezembro. O relator das contas no TSE é o ministro Gilmar Mendes. 

PUBLICIDADE