Eleições 2018

“Caminho do Brasil é o caminho do centro”, diz Kassab após PSD formalizar apoio a Alckmin

Partido, que abriu caminho para aliança do "centrão" com Alckmin, acrescenta 49 segundos à propaganda do tucano em cada bloco de 12 minutos e 30 segundos

O PSD formaliza o apoio à candidatura Geraldo Alckmin — o partido foi o primeiro a sinalizar, por meio do ministro Gilberto Kassab, que caminharia com o tucano, ainda no início do ano.

O partido acrescenta 49 segundos à propaganda de Alckmin em cada bloco de 12 minutos e 30 segundos.

O ex-ministro Guilherme Afif insistiu em apresentar sua candidatura, mas sabendo que seria derrotado. Afif não tem boas relações com o tucano — se desentenderam quando foi vice dele no passado — e preferiu não retirar o pleito.

PUBLICIDADE

Até por isso, a convenção foi feita com pouco alarde, e a cúpula do partido seguiu para a convenção de João Doria, que tem a presença também de Geraldo Alckmin. Ao PSD se deve boa parte do ambiente criado para o apoio do centro a Alckmin, já que a sigla abriu espaço em São Paulo para a presença do DEM na chapa majoritária.