Pandemia no Brasil

Câmara vai adotar trabalho remoto até o Carnaval para evitar “nova onda” de Covid-19, diz Lira

Congresso está em recesso legislativo até o fim do mês

Por  Equipe InfoMoney

Arthur Lira (PP-AL), presidente da Câmara dos Deputados, anunciou nesta segunda-feira (17) que a Câmara retornará ao modelo de trabalho remoto até pelo menos o carnaval por conta do avanço no número de casos de Covid-19 no país.

Em sua conta oficial no Twitter, Lira escreveu que é uma medida necessária “até vencermos esta nova onda”. Segundo ele, o home office irá ajudar “na melhor aplicação dos recursos públicos”.

“Tarifas aéreas estão altíssimas e a flexibilidade nas remarcações só acontece quando é do interesse das companhias”, completou.

O Congresso está em recesso legislativo até o fim de janeiro, mas há profissionais de áreas técnicas e administrativas trabalhando presencialmente. Até a tarde de hoje, o Senado não havia anunciado mudança no regime de trabalho dos servidores.

Até outubro do ano passado, em meio à pandemia de Covid, parlamentares eram autorizados a registrar presença e votar pelo aplicativo da Câmara, sem precisar comparecer à Casa.

Depois, com a retomada dos trabalhos presenciais, os deputados passaram a ter que registrar presença em pontos da Câmara, com a exigência da comprovação de pelo menos uma das doses da vacina contra a Covid.

Cadastre-se na IMpulso e receba semanalmente um resumo das notícias que mexem com o seu bolso — de um jeito fácil de entender:
Concordo que os dados pessoais fornecidos acima serão utilizados para envio de conteúdo informativo, analítico e publicitário sobre produtos, serviços e assuntos gerais, nos termos da Lei Geral de Proteção de Dados.
check_circle_outline Sua inscrição foi feita com sucesso.
error_outline Erro inesperado, tente novamente em instantes.
Compartilhe