Banco público

Caixa afirma que está colaborando com apurações sobre morte de diretor

Batista foi encontrado morto na parte externa da sede do banco, em Brasília, na noite de terça. Investigações preliminares tratam de sua morte como suicídio

Por  Estadão Conteúdo -

A Caixa Econômica Federal informa, em nota, que colabora com as investigações sobre a morte de Sérgio Ricardo Faustino Batista, diretor do banco. Batista era diretor de Controles Internos e Integridade da Caixa. A diretoria cuidava do recebimento de denúncias de funcionários, em temas como assédio e corrupção, feitas em canais internos do banco.

Batista foi encontrado morto na parte externa da sede do banco, em Brasília, na noite de terça-feira, 19. Investigações preliminares tratam de sua morte como suicídio.

“A Caixa manifesta profundo pesar pelo falecimento do empregado Sérgio Ricardo Faustino Batista. Nossos sinceros sentimentos aos amigos e familiares, aos quais estamos prestando total apoio e acolhimento”, afirma a instituição, em nota.

O banco acaba de passar por uma mudança na cúpula, após o ex-presidente, Pedro Guimarães, deixar o cargo após denúncias de assédio sexual. O executivo tem afirmado que é inocente.

Compartilhe