Eleições EUA

Buffett diz que fará o que for preciso para derrotar Trump e desafia o republicano

Em discurso feito em Omaha, o megainvestidor aproveitou para desafiar Trump a divulgar sua declaração de imposto de renda

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Warren Buffett já havia declarado seu apoio à Hillary Clinton nas eleições americanas, mas desta vez o bilionário decidiu entrar de vez na briga para evitar que Donald Trump seja eleito. Durante discurso em sua terra natal em Omaha, Nebraska, o megainvestidor afirmou que fará o que for preciso para derrotar o candidato republicano em novembro.

Para conseguir isso, Buffett disse que levará pessoalmente eleitores às urnas no dia 8 de novembro. Durante sua fala, ele afirmou que reservou um transporte com capacidade para 32 pessoas para o dia da eleição. “Eu levarei ao menos dez pessoas para as urnas que, de outra maneira, teriam dificuldade em chegar até elas”, disse Buffett.

Em seu discurso, o megainvestidor aproveitou para desafiar Trump a divulgar sua declaração de imposto de renda. O republicano tem dito que não divulgará seus dados até que a receita federal dos Estados Unidos complete uma auditoria.

Aprenda a investir na bolsa

“Agora eu tenho uma novidade para ele, também estou sob auditoria e adoraria encontrá-lo em qualquer lugar, a qualquer hora, antes da eleição”, disse Buffett. “Levarei minha declaração de imposto de renda, ele pode levar a declaração de imposto de renda dele… e deixemos que as pessoas nos façam perguntas sobre os itens que estão lá”, completou.