Brasileiros no Japão protestam contra demissões em massa

Imigrantes protestaram em Tóquio por mudanças de leis e maior apoio para a recolocação no mercado de trabalho

Aprenda a investir na bolsa

SÃO PAULO – Um grupo de brasileiros que vivem no Japão fez um protesto no último domingo (18), contra as demissões em massa que ocorreram no país devido à crise financeira.

Segundo a Agência Brasil, a manifestação reuniu cerca de 400 pessoas, sendo que mais da metade eram brasileiros. Um dos organizadores do evento, Miguel Kamiuntem, afirmou que o objetivo era enviar um recado ao governo japonês de que os brasileiros estão unidos e mostrar para a sociedade japonesa as dificuldades que os imigrantes estão passando devido à crise.

Reivindicações

Entre as principais reivindicações do grupo, estavam a revisão da lei de terceirização de mão-de-obra, moradia temporária aos que estão desalojados e treinamento e capacitação profissional para os que estão fora do mercado de trabalho.

Aprenda a investir na bolsa

Além disso, também foi solicitado melhores condições para a adaptação das crianças brasileiras às escolas públicas japonesas. Segundo a presidente da Associação das Escolas Brasileiras no Japão, Julieta Yoshimura, o número da evasão escolar nas instituições brasileiras está em torno de 60%.

“Muitas crianças estão em casa, sem fazer nada, pois os pais não podem pagar as mensalidades, mesmo com a maioria das escolas dando descontos e facilitando o pagamento”, diz.

Uma nova manifestação está marcada para o dia 1º de fevereiro, em Nagóia, capital da província de Aichi, que abriga o maior número de brasileiros no Japão.